Nem tanto ao céu, nem tanto à terra

Viver como ser humano, de maneira simples, sem exageros. Eu confesso que ainda não consegui esse equilíbrio, sou diabético e como demais, ataco a geladeira de noite. É o prazer de comer, o pecado da gula.

Seguidamente, sou convidado para um jantar (janta é coisa de pobre!) em casa de amigos. Na realidade, são os mesmos “papos” de sempre, em reuniões familiares divertidas, pretextos também para acabar com as dietas. Comer e beber são prazeres da vida. Fazem parte.

Mas, no meu caso específico, eu preciso comer menos. Aprecio um churrasco, com aquele sabor da gordura e do sal. Uma cervejinha, uma sobremesa… Eu já fui fã de churrasco acompanhado de Coca-cola. Hoje, estou mudado, porque se continuasse com tudo isso já estaria morto.

Mas ainda cometo meus pecadinhos, comendo ambrosia, de vez em quando. Aí a glicose vai às nuvens e eu toco insulina. Tenho plena consciência de que estou errado, mas não consigo buscar um equilíbrio, sem me apegar tanto a essas coisas da terra. Comer, comer, por exemplo.

Assim acontece também com as coisas do céu. Ando sempre discutindo religião, o meu espírito é muito primitivo, já andei perambulando por “todas” as  denominações cristãs, mas cansei de ouvir sempre as mesmas coisas e de fazer sempre as mesmas preces. Sinceramente, não sei aonde vou para com isso. Mas tenho mais medo do inferno do que o diabo da cruz.

Acho que vou encontrar um equilíbrio, assim nem tanto ao céu, nem tanto à terra (in medium est virtus): a partir de amanhã, vou fazer uma dieta e observar o que Jesus nos ensinou. Sem exageros e fanatismos. Se conseguir isso estarei salvo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: