Mais je ne suis pas Charlie

+

Na várzea do Castagnino,

Às margens do Jacuí,

Foi lá que eu nasci,

Sou cidadão cachoeirense,

Sou gaúcho rio-grandense,

Mais je ne suis pas Charlie.

+

Sou cria daquelas bandas,

Entre Capané e  Piquiri,

Com os bichos convivi,

Eram muares ou eqünos,

Eram ovinos ou bovinos,

Mais je ne suis pas Charlie.

+

Os bichos não tinham alma,

Nem religião percebi,

Nunca uma prece eu ouvi,

Viviam na santa paz,

Eu até fui capataz,

Mais je ne suis pas Charlie.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: