Emissoras de rádio

O rádio sempre esteve presente na minha vida, desde os tempos em que vivia lá no interior de Cachoeira do Sul onde as ondas da Farroupilha me levavam música e informação. Hoje, ali em Jaguari  já não se ouve nossas emissoras de Santa Maria. Mas, por aqui, eu continuo sendo ouvinte assíduo, quase viciado.

Como sou gaúcho e professor de inglês, reparto a minha audiência com a Nativa, pelo meu blogue Chaleira Preta, e a Antena 1, que só transmite música estrangeira, das quais compreendo algumas letras. Além das músicas, da Antena 1, gosto dos programas de debates.

Ouço diariamente  os dois programas: Jogo de Cintura e Sala de Debates. O primeiro, nessa ordem, acho-o maravilhoso por saber o que pensam as mulheres sobre tudo, até sobre o que é o amor.

O segundo, Sala de Debates, às vezes, me desafia e me dá vontade de meter a cucharra. Num dia desses, um integrante da bancada disse que não entendia o que os Sem-Terra queriam bloqueando estradas. Ora, os Sem-Terra é um movimento de vanguarda e querem o que milhões de brasileiros desejam, mas não vão à luta: terra, moradia, educação, saneamento, água potável, tudo o que permitiria uma boa qualidade vida a todos.

Como eles não têm acesso livre à mídia, precisam bloquear estradas para serem ouvidos. O burguês só reclama quando tem o seu conforto ameaçado, quando faltam água e luz, por exemplo, devido ao desmatamento brutal do agronegócio e de outras agressões à natureza.

Eu amo esses programas de rádio de gente tão sábia e esclarecida, mas adoro o Movimento Sem-Terra, sem medo de confessar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: