Conselhos do Vovô Protásio (1)

A partir desta Semana Farroupilha, o meu blogue vai contar com os Conselhos do Vovô  Protásio, um preto-velho que fez de tudo na vida campeira: foi domador, tropeiro, carreteiro,  carneador, esquilador e até chineiro e dançador nas horas de folga.

Hoje, o Vovô Protásio está muito mudado. Com os seus 92 anos nas costas, veio para a cidade, onde vive sossegado, com a sua parca aposentadoria, de vez em quando tomando um mate, fumando um palheiro e escutando um radinho. É uma enciclopédia viva sobre as lides do campo.

Costuma dizer que, quando o sujeito fica velho, fala muito do passado, mas ele continua ligado no presente, sabe de cor a escalação do Grêmio e repudia o que o Sartori está fazendo para os professores. “Gringo é gringo” – diz ele.

Às vezes, diz obviedades como “Deus é fiel”, “Deus é poderoso” ou “Deus tudo pode”, etc. Mas é bom conselheiro.

Perguntado sobre o homossexualismo (que no seu tempo era chamado de “veadagem”), ele deu uma pitada no palheiro, cuspiu por entre os tocos  dos dentes e sentenciou: “Cada um dá o que tem e está tudo certo”.

Esse é o Vovô Protásio!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: