Docilizando o ser humano

Parece-me que foi o Japiassu quem disse que a Psicologia servia para docilizar o ser humano. Pensando bem, é verdade. (Quanto gerúndio!).

Se o trabalhador diminuiu a produtividade no trabalho, pela sua própria condição de explorado, aí é caso para psicólogo.

Assim, acontece também com a criança que enfrenta problemas em casa ou na escola, que se apresenta, geralmente, rebelde ou desmotivada. Muitas vezes, os pais ou os professores não se questionam a maneira como se relacionam com as crianças ou adolescentes.

Há sempre um ramo da Psicologia que procura lidar com essas dificuldades do ser humano, nesses casos da Psicologia do Trabalho e  da Psicologia da Educação. Há muitos exemplos disso na área educacional, mas vou citar um só que acho relevante.

Eu estava num Conselho de Classe e a Orientadora Educacional chamava nominalmente os alunos para  que cada professor fizesse seu parecer sobre ele (o aluno).

Lá pelas tantas, surgiu  o nome do José de tal e a professora de Ciências, que tricotava, foi logo dizendo: aluno fraco, desinteressado, parece que está sempre no mundo da lua, vai rodar comigo. E se justificou: eu não falto nunca, dou a matéria, explico bem… Ele  só não aprende porque não quer.

Está aí um exemplo de ensino tradicional, centrado na professora, que fica lá, falando, falando, explicando, como se o aluno fosse capaz de aprender somente assim, de fora para dentro. Aliás, nesse tipo de ensino  há ,mais preocupação em repassar o conteúdo do que promover a aprendizagem do aluno.

Essa psicologia é empregada também na maioria das igrejas, nos cultos e nas missas. Não há interação, só tem a palavra aquele que “sabe”, a autoridade, o sacerdote, o pastor. São também formas de docilizar.

O Facebook, às vezes, também amanhece cheio de mensagens com o objetivo de nos tornar dóceis diante de hipócritas ou falsos moralistas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: