Armas de guerra

File:An F-35B test dropping a bomb.jpg

(Foto: F 15 americano)

Eu não me considero uma pessoa belicosa e não tenho arma nem para defesa pessoal. Não servi às forças armadas e não possuo, portanto, nenhuma formação militar.

Mas, como eu defendo a idéia de que a história da humanidade se confunde com a história de guerras, tenho interesse em saber o que se passa nos conflitos no mundo inteiro, em termos de material bélico empregado. Aliás, acho que isso é um dever de todo cidadão do mundo.

A atual guerra as Síria, por exemplo, é um cenário que reúne armas avançadas de diversas origens, colocando frente à frente tanques T-90 e 80 da Rússia e Abrams americanos, com grande poder de destruição. O mesmo pode-se dizer dos caças Sukoi SU-40, também russos, contra outros de origem americana ou francesa, entre outros.

A indústria bélica é, hoje, uma das mais importantes do mundo e esses conflitos, além de produzir destruição e morte, servem para testar novas armas. É o que se chama de “batismo de fogo”.

Evidentemente, quanto maior for o desempenho de uma arma dessas num conflito, maior será o seu preço agregado. É também uma questão de mercado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: