Moderação

Quando se aproxima o final do ano, o consumismo atinge o seu ponto mais alto com as festas de Natal e Ano Novo. È um período em que a comilança, a beberagem e a gastança atingem o seu auge.
Muitas pessoas se endividam tanto nessa época que passam todo o ano novo no vermelho, “matando cachorro a grito”. É bom festejar, reunir a família e amigos, mas tudo deve ser feito com moderação.
Estamos vivendo dias difíceis no Brasil e no mundo. Crises políticas, econômicas e guerras ameaçam a humanidade, guerras essas com armas cada vez mais letais e destruidoras.
(A propósito, a minha mulher me disse que alguém falou “que eu não quero viver”. Não sei donde ela tirou isso, talvez seja a palavra de algum guru).
E tem mais: com as festas de final de ano aumenta a poluição, Até os pobres são lembrados com presentinhos de plástico baratos, que logo são descartados. Viram lixo.
Eu gostaria que todo mundo vivesse em paz o ano inteiro, dia a dia,na simplicidade que Cristo nos ensinou. O difícil é fazer o simples.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: