Reflexão

 

Confesso que nunca tive muito entusiasmo com essas festas de final de ano, exceto pela possibilidade de (re)encontro. Nessas oportunidades, não costumo orar, nem discursar, nem chorar… Prefiro o silêncio da reflexão.

Procuro refletir sobre a minha relação com o próximo, com a família, com os vizinhos, com a comunidade. Procuro verificar como tenho me posicionado diante do racismo, do homofobismo, do xenofobismo, do machismo e do feminismo. Discriminação dos negros, índios, pobres e minorias sociais. Agressão contra a mulher, crianças e adolescentes.

Como eu me posiciono diante de pessoas em dificuldade: alcoólatras, drogados ou viciados em geral? Nego-lhes ajuda e os jogo no lixo?

Vale a confraternização universal, a vida deve ser vivida sempre com alegria no coração, expressa através de um olhar de amizade e compreensão sobre o próximo. Feliz Ano Novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: