Medos

Eu não me considero um cagão, mas tenho os meus medos. Por exemplo: de raio, de escorpião (que tem muito em Camobi), e de morrer, de tanto que me assustam com o umbral ou com o fogo do inferno.

Com o tempo, eu vou aprendendo a lidar com esses medos. De vaca braba, por exemplo, eu disparo, mas. se a mulher for braba, dou um jeito de amansar-la. Todo mundo tem suas fobias: a minha filha se mija, quando enxerga uma barata.

Um amigo me contou apavorado, que se levantou de manhã e deu de cara com uma jararaca na cozinha. Eu disse a ele: sorte que esse bicho peçonhento não te pegou. “Sim” – disse ele – “era bem grossona, mas só ficou me botando a língua”. Camobi é isso aí.

O meu maior medo, agora, é a conta de luz. Com esse calorão infernal, a Patroa partiu para um ar-condicionado de 18.000 BTUs que gela até os ossos. Estou usando o cobertor.

Neste mês, vai ser uma conta velha colhuda.

Estou com medo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: